26 de set de 2011

21 Gramas (2003)

Título Original: 21 Grams
Ano: 2003
País: EUA
Diretor: Alejandro González-Iñárritu
Gênero: Drama
Elenco: Sean Penn, Benicio Del Toro, Naomi Watts, Charlotte Gainsbourg, Danny Huston

Minha Opinião:
Assisti ao filme achando que era do Steven Soderbegh, mas foi só um erro por ler informações do Benicio del Toro. Pelo título do filme e pelos rápidos comentários que lia de ser um filme perturbador, achava que seria mais um de viciados, algo tipo 21 gramas de maconha, 21 gramas de pó (como se algum drogado fosse consumir apenas 21 gramas, rsrs!!), todavia, não é bem assim, embora tenham dependentes químicos, não chegam a serem o foco principal. Enfim, a obra foi tudo aquilo que esperei: Surpreendente. Estranhei o abuso dos cortes não lineares, via um ator fazendo uma personagem e já em outra cena estava fazendo uma diferente; fiquei ligado nisso e tentando encontrar um propósito, até cheguei a pensar que eram personagens distintos interpretadas pelos mesmos artistas (de alguma forma chegam até serem, para mostrar como as pessoas podem mudar no decorrer de suas vidas), mas eram os mesmos papéis em fases distantes ou próximas. 
Naomi Watts e Sean Penn

Charlotte Gainsbourg e Sean Penn 
É perigoso fazer película nesse estilo pois aparenta que tudo estar fora de ordem e pode soar provocativo ao espectador, como fazer algo propositalmente complicado para demonstrar intectualismo, um truque para enganar. Apesar de tudo isso, não achei que “21 Gramas” aproveitou esses recursos para parecer ser o que não é, muito pelo contrário, foi genial a forma como foi contada a história, tentando ser fiel a complexidade e beleza dos mistérios da vida. Porém, Cinema é uma coisa engraçada, ou melhor, a crítica de filmes é algo cômico: Se é simples, é pipocão; se é complicado, é desnecessário ou pretensioso.
Alguns disseram que o Sean Penn estar melhor nesse que em “Sobre Meninos e Lobos”, também acho o mesmo; “21 Gramas” exigiu mais de seu talento. Benicio del Toro e Naomi Watts dão um SHOW!

Voltando ao assunto linearidade, embora eu tenha adorado esse recurso, concordo que deve incomodar alguns principalmente pela impressão de não ser necessário, mas eu gostei, me deixou atento. O final é grandioso, é epifânico.
“21 Gramas” é um filme de respeito e RECOMENDO muito, entretanto, nada convencional.

2 comentários:

  1. Um filme doído,angustiante, sofrido, mas mesmo assim é um filme que nos faz refletir das nossas fragilidades e na nossa dor interna. Um filme que nos deixa com sentimentos aflorados após o término de sua exibição. Eu fiquei um bom tempo fora de órbita. Assim como também fiquei ao assistir os outros dois que com esse fizeram uma trilogia. Um filme que sempre recomendo e junto com os outros dois fazem parte dos meus preferidos. Tenho a trilogia e sempre que posso revejo.

    San Penn e Naomi Watts fazem uma linda cena de sexo com tanta naturaridade e com uma verdade de quem sofreu pela perda e pela vida. No caso os dois, ela pela perda dos filhos e do marido. Ele por a beira da morte, ganha um coração novo e assim ganha uma nova vida. Acho que o fato do coração ser do marido dela, aproximou os dois, tendo assim a oportunidade de uma continuação da vida que foi perdida.
    Na verdade 21 Gramas, prima por mostrar os tres lados da dor humana. Um filme para ser sentido, apreciado, refletido e acima de tudo se emocionar. Adoro a trilogia. Perfeitos.

    Eu também quando aluguei o DVD, fiquei curioso por querer saber a razão do título, e acho que muitos também ficaram curiosos.
    Como o, personagem do Sean fala: "...Qual o peso da alma? 21 Gramas, o peso de uma beija-flor, o peso de uma barra de chocolate, o peso uma meda de cinco centavos..."

    Eu achei isso incrível, pois o filme fala dessas fragilidade humanas, das perdas e suas consequências, da dor da alma. Todos nós na vida, estamos sempre na fragilidade da vida. Estamos bem agora, e de uma hora para outra a própria vida encarrega de mudar os nossos rumos.

    Eu adoro todo o filme, sempre estou revendo e sempre me emocionando, entendendo melhor e achado cada vez mais um filme excelente. Pois ele é capaz de mexer com o emocional de todos aqueles que assistem ao filme. Nunca ouvi alguém dizendo que não gostou do filme, pois sempre o filme tocou em algum sentimentos.

    Eu não vejo defeito no filme e não procuro fazer nenhum tipo de comparação. Acho que todos os atores souberam capitar perfeitamente o que o diretor queria filmar.
    Portanto 21 Gramas é o típico de filme que trás a tona os mais diferente tipo de reação nas pessoas que o assistiram.

    ResponderExcluir